Publicado por: blogdoprudencio | novembro 30, 2011

A importância de avaliar corretamente todos os riscos de abertura de sua empresa – Planeje-se

É fato que quando iniciamos um projeto, quer seja a abertura de uma empresa ou uma simples mudança de residência, estamos mais ansiosos para iniciar a parte operacional (fazer ou pôr a mão na massa), do que em pensarmos e planejar em como deve ser feito.

Desta forma, iniciamos nossa empresa com pouco dinheiro, nos fundos de nossa casa ou alugando um pequeno galpão; sozinho ou com poucos funcionários. Nós mesmos vendemos, compramos, armazenamos, atendemos ao cliente e tudo mais — geralmente contando apenas com um ou dois clientes.

Bem, se tudo der certo, a empresa vai crescendo, crescendo. O empresário vai fazendo um puxadinho na garagem ou no galpão, vai comprando mais máquinas (usadas, seminovas), tudo isso muitas vezes custeado por um financiamento bancário.

Com o tempo, o empresário prefere mudar da garagem para o galpão ou do galpão para um outro maior. Novamente gasta com infraestrutura, contratos, mudanças, instalações, etc. – nem precisa falar que muitas vezes sem aumentar o faturamento.

Após algum tempo, o empresário olha para o passado e conclui que se ele soubesse das coisas que sabe hoje tudo seria diferente, bem mais fácil, desperdiçaria menos dinheiro ou gastaria melhor e aproveitaria todas as oportunidades perdidas.

Perguntas importantes para quem vai abrir um negócio
Portanto, listo a seguir perguntas importantes para que um empreendedor responda no momento em que decidir abrir uma empresa. É importante não deixar passar nenhuma delas, pois são questões muito significativas na parte operacional do negócio. Conheça:

1) Eu conheço a fundo o processo técnico e a tecnologia disponível atualmente?

2) Eu conheço os indicadores de meu negócio (capacidade de produção; mão de obra; equipamento; custos de produção e de estoques). Sei medi-los?

3) Eu conheço o nível de qualidade que meu cliente deseja? Posso consegui-la a que custo?

4) Eu conheço onde se encontram meus concorrentes? Sei como me diferenciar deles?

5) Eu sei como fazer com que meus funcionários se tornem meus colaboradores?

6) Eu conheço o custo de não entregar no prazo?

7) Eu conheço o custo de ter apenas um fornecedor?

8 ) Eu conheço o custo de não ter um plano B para momentos difíceis?

9) Eu conheço o custo de não ter um capital de giro próprio e de ter os credores como meus sócios virtuais?

10) Eu conheço o custo de um retrabalho?

As respostas dessas perguntas serão muito importantes para mensurar se o empresário está ou não preparado para ter seu próprio negócio. E o mais relevante de tudo, um negócio que prospere por anos e anos e que não traga prejuízo, estragando e colocando por água abaixo o sonho de uma vida.

.

Fonte: Julio Tadeu Alencar

.

Planejar, avaliar os riscos, tudo isso faz parte para se abrir uma empresa de sucesso. Depois disso é preciso que se crie estratégias a fim de fortalecer os seus serviços e produtos. Planeje-se, traga o seu diferencial a tona!

.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: